CCMUSA – Câmara de Comércio Moçambique USA

Preços de produtos aumentaram em 0.63% no mês de Janeiro último

Tendo como referência os dados recolhidos nas cidades de Maputo, Beira e Nampula, em Janeiro último, pelo Instituto Nacional de Estatísticas (INE), o país registou um aumento mensal do nível geral de preços na ordem de 0,63%. A divisão de alimentação e bebidas não alcoólicas mereceu destaque, ao registar uma variação de preços na ordem de 1,5%.

Esta divisão comparticipou para o total da inflação mensal com cerca de 0,47 pontos percentuais.

Analisando a variação mensal por produto, destaca-se a subida de preços do tomate em 7%, da couve, em 21,9%, da alface, 18,7% e do peixe fresco em 2,3%. Outros produtos e serviços que viram seu preço aumentar são o ensino primário do 1º grau particular e o óleo alimentar. No geral, estes produtos e serviços contribuíram no total da inflação mensal com cerca de 0,52 pontos percetuais.

Contudo, alguns produtos e serviços, com destaque para a Cebola,13,5%; o carvão vegetal,1,7%; o Ensino superior particular, 3,1%; e os serviços de internet café, em 22,4%; contrariaram a tendência de subida, ao contribuírem com cerca de 0,20 pontos percentuais negativos.

Relativamente a igual período de 2019, Moçambique registou uma subida de preços na ordem de 3,48%. As divisões de saúde e de alimentação e bebidas não alcoólicas foram em termos homólogos as que tiveram maior variação de preços com 7,66% e 7,65%, respectivamente.

Fonte: O Pais

Partilhar:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on print
Print
Mais

Artigos Relacionados