CCMUSA – Câmara de Comércio Moçambique USA

Nampula e Manica terão entrepostos para venda de pedras preciosas a partir de 2020

O Governo prevê instalar entrepostos para venda de pedras preciosas nas províncias de Nampula e Manica a partir do próximo ano. Com essa iniciativa, o Executivo pretende travar o contrabando destes recursos.

Na fronteira com o Zimbabwe, estudos concluem que há ocorrência de diamantes em quantidades comerciais do lado moçambicano. Com essa descoberta, o Executivo de Maputo acelera os passos para a implementação efectiva do processo de Kimberley, instrumento que regula a venda destas pedras preciosas no mundo, indicou o ministro dos Recursos Minerais e Energia.

O negócio de rubis entre outras pedras preciosas extraídas no centro e norte do país, cujos leilões são realizados fora de Moçambique vão conhecer novas regras a partir de do próximo ano.

Por outro lado, o ministro dos Recursos Minerais e Energia deu a conhecer o ponto de situação do projecto de Gás Natural Liquefeito da Área 4, da bacia do Rovuma, que conheceu recuos na Decisão Final de Investimento.

Refira-se, que o volume de investimento nos projectos de gás do Rovuma ronda os 60 biliões de dólares.
Fonte: O pais

Partilhar:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on print
Print
Mais

Artigos Relacionados