CCMUSA – Câmara de Comércio Moçambique USA

Macau e Xangai têm “grande complementaridade” na relação com os países de língua portuguesa

As trocas comerciais do município de Xangai com os países de língua portuguesa atingiram 10 mil milhões de dólares em 2018, afirmou a presidente do Instituto de Promoção do Comércio e Investimento (IPIM), para quem aquela cidade e Macau apresentam “grande complementaridade” nesta cooperação.

Irene Lau, ao intervir quarta-feira em Xangai numa apresentação sobre a Plataforma de Serviços de Macau para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa, disse que Macau, “como plataforma de serviços de comércio entre a China e os países de língua portuguesa, está a acolher oportunidades de desenvolvimento sem precedentes, benéficas a todas as partes, no contexto da cooperação económica e comercial.”

Além das trocas comerciais, prosseguiu a presidente do IPIM, “vários projectos de investimento estão em curso” no conjunto destes países, demonstrando que “existe uma grande complementaridade entre as partes” e que “com a plataforma de Macau, a cooperação e a interacção serão aprofundadas e alargadas.”

O IPIM levou à 2ª Exposição Internacional de Importação da China uma delegação de mais de 100 empresários dos sectores do comércio, convenções e exposições, financeiro, industrial e de serviços profissionais.

O objectivo da participação, referiu Irene Lau, é “estreitar as relações de cooperação bilaterais e multilaterais entre as cidades e províncias chinesas, tais como Xangai, e os países de língua portuguesa, no sentido de impulsionar a construção da plataforma China-Países de Língua Portuguesa.”

Fonte: Macauhub

Partilhar:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on print
Print
Mais

Artigos Relacionados