CCMUSA – Câmara de Comércio Moçambique USA

Despesas com salários atingiram 54 biliões de meticais no 1º semestre deste ano

Novas promoções, progressões, mudanças de carreira, e entre outros actos administrativos ocorridos no segundo semestre do ano passado, tiveram impacto significativo na folha salarial do Estado moçambicano nos primeiros seis meses do corrente ano.

As despesas com salários atingiram cerca de 54 biliões de meticais entre Janeiro e Junho de 2019, mais 13,4 por cento que no igual período do ano passado, indica o Ministério da Economia e Finanças, no seu relatório de execução orçamental a que STV teve acesso.

Entretanto, e apesar do aumento da folha salarial do Estado, que vai contra as recomendações do Fundo Monetário Internacional, o relatório fala em equilíbrio orçamental.

“Na execução do Orçamento do Estado no período de Janeiro a Junho de 2019, resultou o equilíbrio orçamental do qual foram cobradas receitas do Estado no valor de 104.6 mil milhões de meticais, equivalentes a 42,8% da previsão anual, tendo sido realizadas despesas totais que atingiram o montante de 133.2 biliões de meticais, correspondente a 39,1% do orçamento anual”.

E realça: “Para a cobertura do défice, o Estado teve que recorrer ao financiamento interno e externo nos valores de 11.6 e 19.3 mil milhões de meticais, correspondentes a 60% e 27,1%, respectivamente”.

O Orçamento do Estado de 2019 estabelece como principais metas a cobrança de receitas do Estado no valor de 249.5 biliões de meticais, incluindo 5.2 biliões de mais-valias cobradas no exercício de 2017, a execução das despesas do estado no montante de 340 biliões de meticais, resultando um défice orçamental de 90.9 mil milhões de meticais.

Fonte: O Pais

Partilhar:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on print
Print
Mais

Artigos Relacionados