CCMUSA – Câmara de Comércio Moçambique USA

Banco Central mantém inalterado o custo de dinheiro na banca

Em comunicado enviado hoje à nossa redacção, o Banco de Moçambique informa que decidiu manter, pelo segundo mês consecutivo, a taxa de juro de política monetária (taxa MIMO), em 12,75%.

“A decisão de manter a taxa MIMO continua a ser sustentada pela prevalência de elevados riscos e incertezas que, a se materializarem, poderão reverter o perfil actual de inflação baixa”, refere a nota.

A nível interno, o Banco Central destaca o agravamento da instabilidade militar nas zonas norte e centro do país e a maior probabilidade de ocorrência de choques climatéricos. A nível externo, persiste a tensão comercial e geopolítica com implicações negativas sobre o volume do comércio global e dinâmica dos preços das mercadorias.

Ainda na mesma reunião do Comité de Política Monetária, o regulador do sistema financeiro nacional decidiu, igualmente, manter as taxas da Facilidade Permanente de Depósitos (FPD) e da Facilidade Permanente de Cedência (FPC), em 9,75% e 15,75%, respectivamente, bem assim os coeficientes de Reservas Obrigatórias (RO) para os passivos em moeda nacional e em moeda estrangeira em 13% e 36%, respectivamente.

Com base nos dados do Instituto Nacional de Estatística (INE), o Banco Central indica que mantêm-se as previsões de recuperação em 2020, ainda assim, abaixo do seu potencial.

Segundo o INE, o Produto Interno Bruto do país continuou a abrandar, fixando-se em 2%, no terceiro trimestre de 2019. Entretanto, perspectiva-se que melhore a partir de 2020, suportado pela reconstrução pós ciclones, liquidação das dívidas com os fornecedores de bens e serviços e implementação dos projectos relacionados com a exploração de gás.

Em relação às Reservas Internacionais Líquidas (RIL), o Banco de Moçambique refere que continuam em níveis confortáveis. Na primeira semana de Dezembro, as reservas internacionais brutas situaram-se em USD 3.661 milhões, suficientes para cobrir mais de seis meses de importações, excluindo os grandes projectos.

 

FARDO DA DÍVIDA PÚBLICA

A dívida pública interna diminuiu ligeiramente. Desde o último CPMO, a 31 de Outubro passado, a dívida pública interna, contraída com recurso a Bilhetes do Tesouro, Obrigações do Tesouro e adiantamentos do Banco de Moçambique, reduziu de 140.610 para 140.073 milhões de meticais, reflectindo a amortização de Obrigações de Tesouro em cerca de 567 milhões de meticais.

Entretanto, estes não tomam em consideração outros valores da dívida pública interna, tais como contratos de mútuo e de locação financeira, assim como responsabilidades em mora.

Em face da sua avaliação sobre o futuro, mantém-se a preocupação do CPMO quanto à evolução dos riscos e incertezas subjacentes às projecções de inflação. Deste modo, o CPMO continuará a monitorar os indicadores económico-financeiros e os factores de risco e não hesitará em tomar as medidas correctivas necessárias.

 

CUSTO DE VIDA

As projecções para o médio prazo continuam a indicar uma inflação baixa, não obstante o recente aumento de preços. Dados do Instituto Nacional de Estatística mostram que, em Novembro, a inflação anual de Moçambique foi de 2,58%, após 2,01% em Setembro. Para o médio prazo, perspectiva-se a continuidade de uma inflação baixa.

Analisando a variação mensal pelos três centros de recolha que servem de referência para a inflação do país, conclui-se que a cidade da Beira teve no período em análise uma variação mensal mais elevada (1,77%), seguida de Nampula (0,47%) e Maputo (0,24%).

Entretanto, e termos acumulados, consta que a cidade da Beira foi a que teve a maior subida do nível geral de preços com 4,35%, seguida das cidades de Nampula com 3,59% e de Maputo com 0,78%.

Em termos homólogos, Beira voltou a liderar a tendência de subida do nível geral de preços com 5,09%, seguida de Nampula com 4,06% e por último a cidade de Maputo com 0,99%.

 

Fonte: O Pais

Partilhar:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on print
Print
Mais

Artigos Relacionados

Juste quoi Filles Vouloir

Cela a été du sujet principal de films, livres et many conversations: exactement qu’est-ce que females want? Spécifiquement, nous savons tous, hommes, qu’il pourrait regarder

Knowing The Lockering Dating Trend

Now That School’s Right Back, Will You Be At Risk Of Obtaining ‘Lockered’? Ahhh, autumn. Possibly the many poetic season. A time of modification, an

Насилие без раскаяния Закон і Бізнес

Кремль отрицает какие-либо обвинения, в том числе относительно того, что командиры знали о сексуальном насилии, которое совершают солдаты. Через некоторое время мужчины ушли, и она